Negociações iniciam na semana que vem

Em resposta ao ofício enviado pelo Sindicato dos Urbanitários do Pará, a direção da Celpa Equatorial se comprometeu em iniciar as negociações da data-base 2019 na semana que vem, entre 11 e 14 de novembro.

A empresa nos enviou um documento de Prorrogação dos termos do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2020. Com esse documento, as cláusulas econômicas foram prorrogadas por 45 dias. No mesmo ofício, a empresa se compromete em aplicar os efeitos econômicos das cláusulas a serem negociadas de forma retroativa à data de 1 de novembro, dia em que transcorre a data-base.

É oportuno lembrar que a Pauta de Reivindicações da Data-base 2019 foi enviada pelo Sindicato dos Urbanitários do Pará à diretoria da Celpa Equatorial no dia 1 de outubro. Nossa proposta era iniciarmos a negociação em 15 de outubro.

Agora, passado mais de um mês da entrega da Pauta, os trabalhadores e trabalhadoras têm a expectativa de que a comissão da empresa vá à reunião da semana que vem com uma proposta que atenda as reivindicações.

 

Econômicas

 

Este ano, conforme o acordo coletivo, estará em pauta as cláusulas econômicas, sendo 11 cláusulas, veja lista:

1 - Piso Salarial (Cláusula 3ª),

2 - Reajuste Salarial (Cláusula 4ª)

3 - Programa de Participação nos Lucros ou Resultados – PPLR (Cláusula 10ª),

4 - Vale Alimentação (Cláusula 11ª),

5 - Vale Alimentação Natalício (Cláusula 12ª),

6 - Auxílio Matrícula Escolar (Cláusula14ª),

7 - Regimento Interno de Assistência Médica e Odontológica (Cláusula 15ª),

8 - Auxílio-Funeral (Cláusula 16ª),

9 - Auxílio Creche (Cláusula 17ª),

10 - Seguro de Vida (Cláusula 18ª) e

11 - Adicional para Dirigir Veículos (Cláusula 44ª).

 

Novas

 

No período de 7 a 12 de setembro, o Sindicato aplicou pesquisa entre os trabalhadores e trabalhadoras para apurar mudanças e aperfeiçoamentos nas cláusulas do acordo com vistas à negociação da data-base.Entre os questionários, surgiram sete cláusulas novas, que também integram a Pauta de Reivindicações.

 

Momento importante

 

Conhecendo a realidade da Celpa, seu crescimento e seus lucros anuais, temos consciência de que há todas as condições da empresa atender seus empregados e empregadas e que esse é um momento certo para reconhecer e recompensar os trabalhadores e trabalhadoras pelo empenho e dedicação desenvolvidos sempre no sentido de melhorar os serviços prestados pela Celpa Equatorial. Fique atento e vamos juntos à luta!