Previous Next

Empresa silencia em relação ao acidente

#HerbertPresente - missa de sétimo dia

Sete dias atrás a categoria urbanitária perdeu o companheiro Herbert Queiroz (Eletronorte/Marabá), vítima de acidente de trabalho. A culpa foi da diretoria da empresa, que, descumprindo a Norma Regulamentadora Nº 10, do Ministério do Trabalho e Emprego, deu ordem para que ele trabalhasse sozinho na área da operação.

Esses serviços devem ser operados por equipes de pelo menos dois trabalhadores, justamente para evitar o que infelizmente aconteceu com o companheiro Herbert Correa de Queiroz, que ao receber uma descarga elétrica no cubículo de 13.8 kv, caiu e não recebeu socorro a tempo. Quando sentiram a falta do companheiro, foi procurado e encontrado ainda com vida, mas devido o tempo transcorrido, não resistiu aos efeitos da descarga elétrica e veio a óbito.

Passada uma semana, a empresa permanece no silêncio sobre esse acidente fatal. Sindicato e trabalhadores aguardam uma manifestação da diretoria da Eletronorte, que precisa apurar e se responsabilizar por essa vida. A empresa tem que assumir o compromisso pelo cumprimento de normas de segurança! Nenhuma contenção de despesa vai pagar a vida de seus trabalhadores!

#HerbertPresente