Celpa Equatorial procura Sindicato para propor mudanças a pretexto da pandemia

Nesta segunda-feira, 30, representantes da Celpa Equatorial procuraram a diretoria do Sindicato dos Urbanitários do Pará propondo uma videoconferência para tratar de propostas de mudanças a pretexto da pandemia do novo coronavírus.
A videoconferência aconteceu na tarde desta segunda-feira, 30, e teve duração de cerca de duas horas. A empresa apresentou propostas referentes à:
# Teletrabalho
# Banco de horas
# Férias
# Adiantamento do 13º salário
# Escala do COI (Centro de Operações Integradas)
Não houve acordo. Tivemos apenas o início de um debate sobre os pontos apresentados.
Ficou definido que a diretoria da Celpa Equatorial irá formalizar via um documento as propostas referentes aos pontos citados, para avaliação do Sindicato dos Urbanitários e dos Engenheiros.
Esse documento será encaminhado à entidade sindical nesta terça feira, 31 de março, para avaliação.
Voltaremos a conversar com a empresa na quinta-feira, 2/4, via videoconferência. Fique atento!

PLR 2019
A comissão da empresa que trata da PLR 2019 informou ao Sindicato dos Urbanitários do Pará, na mesma videoconferência realizada nesta segunda-feira, 30, que não vai realizar o pagamento da PLR 2019 na terça feira, 31, como acordado.
Segundo os interlocutores da empresa, a Celpa Equatorial vai deixar de pagar a PLR porque ainda não publicou o balanço financeiro de 2019. Nos foi informado que o pagamento será realizado até o dia 30 de abril.
O Sindicato dos Urbanitários não concorda e entende que está caracterizado um descumprimento de acordo, visto que a data limite para o pagamento é o dia 31 de março.
Consideramos um desrespeito comunicarem em cima da hora, a menos de 24hs, uma decisão unilateral da empresa, que prejudicará os trabalhadores e suas famílias. Vamos retomar a discussáo da PLR 2019 com a empresa nesta quinta-feira, 2.


Imprimir