QUARTA-FEIRA, 19, SEGUNDO DIA DE PARALISAÇÃO NA COSANPA

Os trabalhadores e trabalhadoras da Cosanpa estão de parabéns pela vitoriosa paralisação de 48 horas. O primeiro dia, ontem, 18 de fevereiro, foi marcado pela forte participação da categoria. Hoje, 19/2, estamos no segundo dia deste importante movimento em busca de respeito aos trabalhadores e trabalhadoras da Cosanpa.
Como não houve negociação, vamos seguir firmes e fortes para mais protestos, não descartando a possibilidade de uma greve por tempo indeterminado.
As conquistas traduzias nas cláusulas de no acordo coletivo foram adquiridas com muita luta, paralisações e greves. Nossa disposição sempre foi para o diálogo e negociação, mas se for necessário partiremos para as ações necessárias.
É sempre bom lembrar que o motivo da paralisação da semana passada, dia 12, e desta semana, de dois dias, é a busca de nossos direitos.
A direção da Cosanpa deixou de dar resposta ao nosso acordo coletivo, deixando pendente o reajuste salarial e nas cláusulas econômicas, no percentual de 5,07%, referente ao INPC da data-base de 2019.
A negociação teve início em maio do ano passado, pelo período da data-base. A pedido da direção da empresa, deixamos para fechar o acordo somente no segundo semestre de 2019. Reunimos em dezembro do ano passado e chegamos a uma proposta de consenso, proposta esta que teria uma confirmação do governo do Estado, essa foi a palavra dada pelo presidente da Cosanpa. Mas a resposta não veio e nos resta parar a empresa e denunciar o total descaso da direção da Cosanpa com o seu bem mais precioso, o conjunto de seus trabalhadores e trabalhadoras, vamos à luta!


Imprimir