Trabalhador de empresa de prestadora de serviço da Equatorial Celpa morre eletrocutado em Moju

O acidente ocorreu em uma área rural de Moju, durante atividades de trabalho para a empresa JDW, que presta serviços à Equatorial Energia.

Na manhã da segunda-feira, 19 de fevereiro, um trágico acidente tirou a vida de Jackson Silva, residente na vila Jambuaçu, município de São Francisco do Pará. O acidente ocorreu em uma área rural de Moju, durante atividades de trabalho para a empresa JDW, que presta serviços à Equatorial Energia.

Ao tentar prestar socorro, colegas de trabalho de Jackson e uma viatura da Rotam que passava pelo local se uniram para auxiliar a vítima. Contudo, apesar dos esforços, ao chegarem a Unidade Mista de Saúde, na cidade de Moju, infelizmente, ele não resistiu, deixando dois filhos órfãos de pai.

O Portal tentou obter informações junto a colegas de trabalho e representantes da JDW, mas ninguém se manifestou para falar ou gravar entrevista.

A tragédia destaca a gravidade das condições de trabalho e ressalta a importância de medidas preventivas para evitar tragédias como essa. A comunidade e familiares agora aguardam esclarecimentos sobre as circunstâncias do ocorrido que deverá ser investigado pela Polícia Civil. (Com Moju News)

Em novembro de 2023, trabalhadores da Dínamo, prestadora de serviço da Equatorial Celpa, entraram em greve contra as péssimas condições de serviço, sobrecarga de trabalho, sonegação de FGTS e férias vencidas.

Denúncias afirmam que os trabalhadores dessas empreiteiras nem sempre recebem treinamento e são submetidos a jornadas de até 12 horas, o que é incompatível para o setor elétrico, pois os coloca em situação de vulnerabilidade a acidentes.

A Equatorial Celpa tem responsabilidade com o serviço e problemas de suas contratadas, mas não fiscaliza as atividades