O projeto de lei não explica nenhum detalhe sobre a criação do tal mercado privado das águas. Disfarça a entrega de todos os mananciais de água potável do país, incluindo o aquífero guarani.

O aquífero afeta não só o Brasil mas, países vizinhos e a sua exploração indiscriminada por empresas privadas. Configura um verdadeiro crime contra o povo brasileiro, já que essas águas subterrâneas são uma reserva estratégica para o futuro da humanidade. Privatizar as águas brasileiras é acabar com a soberania nacional. 

Vote NÃO na consulta pública

Esta sexta-feira (31/08) é o último dia para os trabalhadores e trabalhadoras da Celpa preencherem e entregarem a pesquisa de data-base 2018. Os dirigentes sindicais estarão passando nos locais de trabalho para recolher os formulários preenchidos. 

A pesquisa também pode ser respondida e enviada diretamente aqui no site do Sindicato no link PESQUISA DE DATA-BASE 2018. PARTICIPE!

A partir da próxima segunda-feira será feita a tabulação da pesquisa para a elaboração de uma pauta prévia que será levada para debate e deliberação nas assembleias que serão realizadas na sede do Sindicato, em Belém, e nas delegacias regionais no dia 11 de setembro. 

A sua participação na pesquisa é fundamental para que a pauta de reivindicações espelhe os anseios dos trabalhadores e trabalhadoras. Só quem vive o dia a dia da empresa sabe exatamente quais são as necessidades de melhoria no nosso Acordo Coletivo de Trabalho. Participe!